Não-tempo

Haverá um ano em que haverá um mês, em que haverá uma semana em que
haverá um dia em que haverá uma hora em que haverá um minuto em que
haverá um segundo e dentro do segundo haverá o não-tempo sagrado da morte
transfigurada.

Clarice Lispector

Anúncios

Encontro

Fractal Luna Violeta - Fractarte

“Eu me dou melhor comigo mesma quando estou infeliz: há um encontro. Quando me sinto feliz, parece-me que sou outra. Embora outra da mesma. Outra estranhamente alegre, esfuziante, levemente infeliz é mais tranqüilo.
Tenho tanta vontade de ser corriqueira e um pouco vulgar e dizer: a esperança é a última que morre.”

Clarice Lispector

Clarice – Trechos

ceu-rosa.jpgI

“perdi alguma coisa que me era essencial, que já não me é mais.Não me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até então me impossibilitava de andar mas que fazia de mim um tripé estável.Essa terceira perna eu perdi e voltei a ser uma pessoa que nunca fui…

Clarice Lispector.

II 

“O que deve fazer alguém que não sabe o que fazer de si?”

Clarice Lispector

III 

“Pois logo a mim, tão cheia de garras e sonhos, coubera arrancar de seu coração a flecha farpada.De chofre explicava-se para que eu nascera com mão dura, e para que eu nascera sem nojo da dor.

Para que te servem essa unhas longas? Para te arranhar de morte e para arrancar os teus espinhos mortais, responde o lobo do homem.

Para que te serve essa cruel boca de fome? Para te morder e para soprar a  fim de que não te doa demais, meu amor, já que tenho tanto que te doer, eu sou o lobo inevitável pois a vida me foi dada.

Para que te servem essas mão que ardem e prendem? Para ficarmos de mãos dadas, pois preciso tanto, tanto , tanto – uivaram os lobos e olharam intimidados as próprias garras antes de se aconchegarem um no outro para amar e dormir”

Clarice Lispector.