O intenso brilho

É impossível no mundo
estarmos juntos
ainda que do meu lado adormecesses.
O véu que protege a vida
nos separa.
O véu que protege a vida
nos protege.
aproveita, pois,
que é tudo branco agora,
à boca do precipício,
neste vórtice
e fala
nesta clareira aberta pela insônia
quero ouvir tua alma
a que mora na garganta
como em túmulos
esperando a hora da ressurreição,
fala meu nome
antes que eu retorne
ao dia pleno,
à semi-escuridão

Adélia Prado

Anúncios

3 respostas em “O intenso brilho

  1. Oi, Zana

    Vejo que você postou bastante coisa do Augusto dos Anjos, Adélia Prado e outras maravilhas… preciso voltar com mais calma. Você não parou um dia sequer, não é? Danadinha! rsrs Te adoro. Faça uma boa viagem no seu regresso e volte logo, tá? Suas casas estão maravilhosas. Ah! notei que você colocou os links dos meus blogs… puxa! obrigado, querida. Preciso atualizar os seus links… vou fazer.
    Bjs

    Volte logo, hein? rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s