Poesia I

gelo-e-flor.jpg

Corroendo
As grandes escadas
Da minha alma.
Água. Como te chamas?
          Tempo.

Vivida antes
Revestida de laca
Minha alma tosca
Se desfazendo.
Como te chamas?
          Tempo.

Águas corroendo
Caras, coração
Todas as cordas do sentimento.
Como te chamas?
          Tempo.

Irreconhecível
Me procuro lenta
Nos teus escuros.
Como te chamas, breu?
          Tempo.

 

Hilda Hilst

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s